C   redit
querendo ou não, a vida faz neguinho crescer
Já vi o fim do mundo algumas vezes e na manhã seguinte tava tudo bem.
Engenheiros do Hawaii.  
É fácil trocar as palavras, difícil é interpretar os silêncios. É fácil caminhar lado a lado, difícil é saber como se encontrar. É fácil beijar o rosto, difícil é chegar ao coração. É fácil apertar as mãos, difícil é reter o calor. É fácil sentir o amor, difícil é conter sua torrente.
Fernando Pessoa. 
Mas que é eu me conheço, entende? Nunca vou ao final de nada, porquê sou medrosa, sou egoísta e maluca. Se eu perder, não consigo dizer que dói, que aquilo foi importante. Não sei remar, falar de forma clara, não consigo abraçar sem que me peçam isso. Eu sou fraca. Vejo as pessoas indo embora e aceno de volta. Mesmo que eu chore, eu nunca digo.
— October, 1994.  
Lembranças nunca morrem. Mesmo quando você as deixa trancadas em um poço fundo, lá atrás.
A culpa é mesmo das estrelas?  
Mas é exatamente nesse frígido e repugnante semidesespero, nesta semicrença, neste consciente enterrar-se vivo, por aflição, no subsolo, por quarenta anos; nesta situação instransponível criada com esforço e, apesar de tudo, um tanto duvidosa, em toda esta peçonha dos desejos insatisfeitos que penetraram no interior do ser; em toda esta febre das vacilações, das decisões tomadas para sempre e dos arrependimentos que tornam a surgir um instante depois, em tudo isso é que consiste o sumo daquele estranho prazer de que falei.
Fiodor Dostoievski 
Veja o que o tempo faz, eu nem te conheço mais.
Fresno.   
Eu só queria saber como você consegue. Desde o dia em que coloquei os olhos em você, eu me perguntei como você consegue ser tão assim, sabe? Tão você. Queria entender o porque de eu ter me sentido a pessoa mais segura e protegida do mundo, quando você me abraçou naquela rodoviária. E mesmo depois disso. Eu continuei me sentindo a pessoa mais sortuda do mundo por estar com você. Porque com você, eu consigo sentir a paz que eu sei que não vou encontrar em nenhum outro lugar do planeta. E tudo fica bem quando é você, sabe? Quando é o seu abraço, quando é o seu sorriso, o seu cuidado. Quando é você me dizendo que tudo vai dar certo. E por mais incrível que pareça, sempre dá certo. Até quando dá errado. Porque até me meter em roubada com você, parece ser uma boa ideia. Porque você escuta os meus silêncios. E mesmo que eu seja meio louca, meio de mentira, meio mais-ou-menos, foi pra você que eu guardei todas as partes boas de tudo isso. E não me arrependo. Porque você, é do tipo de pessoa que fica. Independente de tudo. E você tem ficado. Aqui. Comigo. Com a gente. E se é possível mesmo, que um lar seja uma pessoa e não um lugar, você, é o meu.
— Quietude.  
O amor nos torna patéticos.
Rita Lee.    
Hoje em dia as pessoas se preocupam mais com a atualização de status de relacionamento no facebook do que com o próprio relacionamento. Se encantam pelo fato do “estou em um relacionamento serio” e perdem todo o encanto do namoro. Felicidade é pra ser vivida e não exposta. Não perca tempo com certas futilidades, cuide do que é seu.
Rafinha Bastos. 
Não se iluda: se sua escola explodir, sua mãe vai te colocar em outra.